Publicado em 14/06/2018 - em

CRP-13 repudia proposta contida no PL nº 582/2017 de CG

*NOTA DE REPÚDIO*

O Conselho Regional de Psicologia – 13ª Região vem a público manifestar repúdio à proposta contida no Projeto de Lei nº 582/2017, que tramita na Câmara de Vereadores de Campina Grande, e que visa coibir o ensino de disciplinas que tratem das discussões de gênero nas Escolas Públicas do Município.
O CRP-13 acredita que tal proposta fere a dignidade da pessoa humana, resguardada na Constituição Federal de 1988, e que garante que cada cidadão tenha seus direitos e deveres conservados e respeitados pelo Estado. Outrossim, o PL nº 582/2017 agride ainda a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que versa sobre o pleno exercício da cidadania do estudante, bem como seu desenvolvimento cognitivo e emocional.
A Psicologia acredita que o ensino não deve amordaçar quem bebe de sua fonte, mas, sim, dar liberdade e condições para que o senso crítico de cada aprendiz seja estimulado. Da mesma forma, é papel do professor trazer para o âmbito da sala de aula discussões que dialoguem com o que está sendo pautado pela sociedade, tais como questões de orientação sexual, discussões de gênero, (re)configurações das famílias, etc, sem preconceito ou discriminações.
*VIII Plenário do Conselho Regional de Psicologia – 13ª Região*

Fonte:
« voltar para a lista