Publicado em 16/05/2018 - em

Dia Nacional da Luta Antimanicomial: Confira nossa agenda

No fim da década de 1970 a luta pela reforma psiquiátrica ganha força ao denunciar a violência dos manicômios, a mercantilização e a instrumentalização da loucura. Milhares de pessoas foram torturadas – e algumas chegaram a falecer – por simplesmente não estar dentro dos “padrões habituais” da existência. Assim, alcoólatras, pessoas LGBT, mães solteiras, prostitutas e tantos outros padrões que fugiam “da então normalidade” foram enclausuradas em manicômios sem a menor dignidade. Aos poucos as atrocidades acometidas nestas instituições foram sendo denunciadas e o Movimento da Luta Antimanicomial, que ganhou ainda mais visibilidade durante o II Congresso Nacional dos Trabalhadores em Saúde Mental, realizado em 1987 foi ganhando fôlego.

A Carta de Bauru, manifesto assinado por 350 profissionais da área de saúde, durante o II Congresso, elencou as principais reivindicações dos signatários com o intuito de mudar a política manicomial e garantir direitos básicos aos pacientes.

Assim, em 2018 comemoramos 31 anos da Carta de Bauru e 41 anos da Luta Antimanicomial.

Para celebrar o dia 18 de maio – Dia Nacional da Luta Antimanicomial – o CRP-13, juntamente com instituições parceiras, preparou uma agenda de eventos que contempla as cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos.

Confira:

18/05

João Pessoa – Marcha oficial da Luta Antimanicomial

Local: Concentração no Busto de Tamandaré

Hora: 15h

21/05

Campina Grande – Mesa Redonda: “A Atualidade das Políticas Públicas de Saúde Mental e os Desafios da Luta Antimanicomial”

Local: Auditório da Maurício de Nassau (Rua: Vice-Prefeito Antônio de Carvalho Sousa, 295 – Estação Velha)

Hora: 17h30

26/05

Patos – Ato Público Pela Saúde Mental

Local: Praça Edvaldo Motta – Centro

Hora: 19h

 

Fonte:
« voltar para a lista