Publicado em 14/06/2018 - em

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE TESTE PSICOLÓGICO APLICADO NO CONCURSO DA SEDURB

O Conselho Regional de Psicologia – 13ª Região, na sua função de orientar, fiscalizar e regulamentar o exercício profissional do psicólogo, conforme estabelecido na Lei 5.766/71, vem à público esclarecer sobre o uso de instrumentos psicológicos aprovados e validados pelo Conselho Federal de Psicologia – CFP, em resposta às denúncias recebidas por esse órgão referente à utilização do teste EFN – Escala Fatorial de Ajustamento Emocional/Neuroticismo que foi aplicado aos candidatos do concurso público da SEDURB, no dia 27/05/2018.

A avaliação psicológica visa avaliar, por meio de instrumentos previamente validados para determinada função, os diversos processos psicológicos. O psicólogo é o único profissional habilitado por lei a exercer essa função (Art. 13 da Lei 4119/62).

O CFP criou em 2003, o Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos – SATEPSI, que reúne em seu sítio eletrônico (http://satepsi.cfp.org.br/) as principais informações referentes ao assunto: a lista dos testes aprovados para uso, a lista dos testes desfavoráveis e a lista dos testes sem avaliação do CFP. De acordo com o referido sítio eletrônico, “Testes Psicológicos Desfavoráveis são aqueles avaliados pelo Conselho Federal de Psicologia, mas que não atenderam aos requisitos mínimos obrigatórios e/ou não apresentaram novos estudos de normatização e/ou validade no prazo estipulado pela Resolução CFP nº 009/2018, constituindo falta ética o uso de testes desfavoráveis na atividade profissional do psicólogo. Em relação a validação do teste EFN – Escala Fatorial de Ajustamento Emocional/Neuroticismo, consta no sítio eletrônico do SATEPSI que o referido teste se encontra desfavorável desde 11/04/2018, devido a estudos de normatização vencidos.

Neste sentido, o CRP-13 informa que está tomando providências disciplinares quanto ao cumprimento das normas que trata a Resolução CFP Nº 002/2016 – que regulamenta a Avaliação Psicológica em Concurso Público – e a Resolução CFP Nº 009/2018 – que estabelece diretrizes para a realização de Avaliação Psicológica no exercício profissional da psicóloga e do psicólogo, e o Código de Ética Profissional do Psicólogo.

 

VIII Plenário do Conselho Regional de Psicologia – 13ª Região

Fonte:
« voltar para a lista